A BIBLIA FALA DE IRMÃOS E IRMÃS DE JESUS?

Posted by Luiz Carlos Dalbem on 15:24
A Bíblia ensina que Jesus Cristo realmente teve irmãos e irmãs?  Você Pergunta: Desde pequena sempre aprendi que Jesus Cristo foi filho único e que Maria não teve outros filhos, que permaneceu virgem. Mas lendo outro dia a Bíblia em Atos 1:14, vi ali que fala a respeito dos irmãos de Jesus. Um amigo meu que é católico me explicou que a palavra irmãos no hebraico pode também significar primos e, nesse caso, estaria se referindo aos primos de Jesus. Mas aí fiquei mais confusa ainda, pois, por que o tradutor não usou a palavra primos então? Jesus tinha ou não tinha irmãos? A Bíblia fala de algum nome de algum irmão de Jesus?       Cara leitor, essa questão dos irmãos de Jesus, apesar de ser muito clara na Bíblia, ainda causa dúvida para muitas pessoas. Hoje vou te explicar claramente essa questão e, tenho certeza, você irá compreender claramente a respeito do que a Bíblia afirma sobre os irmãos de Jesus.    
Quem eram os irmãos de Jesus Cristo?
(1) A primeira coisa a se observar é que a Bíblia cita várias vezes os irmãos de Jesus. Por exemplo, em Atos 1:14, João 7:10, João 7:5, João 2:12. Em um texto mais detalhado temos a menção de quatro irmãos de Jesus: "Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas?" (Mateus 13:55). No verso seguinte ainda temos a menção de que Jesus tinha também mais de uma irmã, porém, não é mencionado o nome delas:"Não vivem entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe vem, pois, tudo isto?" (Mateus 13:56). Com esses textos vemos claramente que Jesus tinha pelo menos seis irmãos. Mas como explicar essa questão da palavra "irmão" ser a mesma para "primo" no hebraico? Será que os textos mencionados falam de parentes próximos de Jesus e não de irmãos de verdade?
 (2) Essa confusão da palavra "irmão" no hebraico é facilmente compreendida. No hebraico realmente existe a possibilidade de usar a palavra hebraica "'ach" para designar, por exemplo, um primo. Mas a grande questão é que o Novo Testamento, onde conta a história de Jesus Cristo, não é escrito em hebraico, mas em grego. No grego existem palavras diferentes para "irmão" e "primo". Por exemplo, veja este texto: "Saúda-vos Aristarco, prisioneiro comigo, e Marcos, primo de Barnabé…" (Colossenses 4:10). A palavra grega no original para primo ali usada é "anepsios".Agora vejamos esse outro texto: "Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas?" (Mateus 13:55). A palavra grega usada aqui é "adelphos". Ou seja, observamos claramente que no texto original em grego temos palavras distintas para "primo" e para "irmão". Quando o evangelista usa a palavra "adelphos" quer dizer irmão e não primo, pois se quisesse dizer que Tiago, José, Simão e Judas eram primos de Jesus usaria a palavra grega "anepsios".
(3) Mas podemos observar também que essa palavra grega "adelphos" é utilizada também para designar um irmão da mesma fé, por exemplo, neste texto: "Paulo, prisioneiro de Cristo Jesus, e o irmão Timóteo, ao amado Filemom, também nosso colaborador" (Filemon 1:1).Sabemos que o apóstolo Paulo não era irmão de sangue de Timóteo, mas irmão na mesma fé. Logo, será que as menções dos irmãos de Jesus se tratam de irmãos de fé e não de irmãos de sangue? Resolvemos essa questão facilmente analisando os contextos e observando se estão falando de um ou de outro. Observe este texto: "Depois disto, desceu ele para Cafarnaum, com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos; e ficaram ali não muitos dias" (João 2:12). Observe que o texto diferencia claramente quem desceu com Jesus para Cafarnaum. Temos uma separação clara entre os irmãos (de sangue) e os discípulos (que poderiam ser irmãos de fé). O texto claramente os separa, deixando claro a intenção de João em mostrar que naquele momento a família de Jesus (sua mãe e seus irmãos) o acompanhavam.
(4) Dessa forma, fica bastante claro que a Bíblia menciona sim, de maneira objetiva, que Jesus teve vários irmãos, pelo menos seis. De quatro deles sabemos o nome. Das irmãs, infelizmente, não sabemos nada, apenas a menção de que elas existiram. O fato de Maria ter tido outros filhos não a desabona em nada, afinal, ela era casada com José e, como casados, e debaixo da cultura judaica que via os filhos como uma grande bênção do Senhor, é razoável que esse casal seguiu sua vida como qualquer outro casal normal, educando Jesus e seus irmãos como bons pais que eram.
Reações: